o dia que resolvi fazer pilates

Sabe quando você começa a ir na academia e fica se sentindo culpado porque tá pagando um plano com mil aulas inclusas e não faz nenhuma? Resolvi testar todas uma vez.

Comecei com pilates. Uma colega de trabalho falava todo dia, de manhã e quando a gente ia almoçar, que “pilates é bom para a libido da mulher”. todos os dias. Quase dei um vibrador de presente no aniversário dela.

Resolvi fazer o pilates-que-é-bom-pra-libido-da-mulher. A aula começou bem no estilo de yoga, todo mundo respira fundo, solta a tensão, a professora diminui as luzes, daí ela manda todo mundo ficar de quatro.

Já tentando controlar a sexta série dentro de mim, resolvi que iria fazer com a mente aberta. Então a professora me ensinou (ótimo timming, professora) a respiração. Tem que ser diafragmal, eu poderia colocar a mão na barriga nas primeiras aulas, mas era pra sentir o abdome pulsando, além de inspirar e expirar pela boca. ok.

Quando começou o exercício, eu fiquei visivelmente constrangida. A tal respiração, para quem já fazia pilates-bom-pra-libido emitia um som de “ah, ah, ah”.

Passei uma hora com a bunda pra cima numa sala à meia luz com umas dez mulheres em posições sexuais fazendo respiração de transa. Se isso melhora a libido da galera, melhor desistir desse negócio de homem, caras.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s